Header Ads



Delegado lança livro de ficção sobre o mundo do futebol

O delegado de polícia do Distrito Federal Sergio Bautzer acaba de lançar seu primeiro livro: Como um gato. A obra, de 226 páginas, começou a ser escrita em 2014, após a derrota do Brasil para a Alemanha no fatídico 7 x 1.

Em uma mistura de autobiografia fictícia com historiografia do futebol brasileiro, o livro convida a um mergulho nessa grande paixão nacional: o futebol. Enquanto lê-se a história da carreira do personagem principal em detalhes, desde quando começou a se interessar por futebol nos campos de Barra Bonita, passando pela profissionalização como goleiro, até chegar aos dias de glória, voltamos ao tempo de Taffarel, Dida, Jorginho, Cafu, Aldadir, Roberto Carlos, Bebeto, Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Fenômeno, entre outros craques.

Na publicação, Erick Moreno da Silva é o protagonista desta divertida obra de ficção.  Leva uma vida que muitos garotos já sonharam em ter. Jogador de futebol aclamado pela crítica, não só foi eleito o melhor goleiro da era moderna, como, junto à Selação brasileira, venceu a Copa do Mundo de 1998, de 2006, e - por que não? - até de 2014.

Na correria do trabalho policial, o delegado Bautzer escreveu o livro nas folgas dos plantões das delegacias. Começou a escrever após o 7 x 1, pois, segundo ele,  "precisava apagar a ferida da derrota".


“Como um gato” já está à venda nas principais livrarias online do país. A publicação é pela editora Labrador.

O autor
Sérgio Bautzer é delegado da Polícia Civil do DF há 13 anos. Passou pelas delegacias 14ª (Gama), 20ª (Gama), 33ª (Santa Maria), 8ª (SIA), 29ª (Riacho Fundo), 27ª (Recanto das Emas) e Academia de Polícia.




BRASÍLIA POP
brasiliapop@brasiliapop.com
Foto: Divulgação
Tecnologia do Blogger.