Header Ads



Confira atrações públicas do Centro de Dança do DF para junho


Encerrando o primeiro módulo da programação de 2018, com a linha curatorial de “Dança e Memória”, o Centro de Dança do Distrito Federal recebe diversas atividades abertas ao grande público. Nos dias 15 e 16 de junho, haverá mostras de processos, lançamento de livro e a destacada presença da bailarina Denise Stutz (RJ), apresentando um espetáculo solo e participando de bate-papo.

A pauta começa na sexta-feira, às 19h, quando o Centro de Dança se transforma em palco para mostras dos resultados de seus primeiros processos criativos. Denise Stutz, uma das fundadoras do Grupo Corpo, com mais de 40 anos de frutífera carreira, exibe, com seu grupo de artistas selecionados do DF, o desdobramento da residência artística “Corpo presente”. O foco está na experimentação de um corpo que se move a serviço da imaginação e dos sentidos, impulsionado por imagens, associações e memórias. Jogos corporais estabelecem relações e ampliam a percepção do que nos rodeia: o espaço, o tempo, os outros.

Em seguida, as duas propostas selecionadas na convocatória de processos criativos em dança do Centro de Dança do DF também mostrarão o que criaram até aqui. São trabalhos representados pelas proponentes Luiza Fiuza Vilaça Farias, à frente de uma criação em grupo, e Letícia Medeiros Estevam, num duo. Eles vêm trabalhando continuadamente desde o dia 2 de maio.


Já para o sábado, às 18h, está marcado o lançamento do livro “Balé sobre outros eixos: traçados de William Forsythe para a criação das Tecnologias de Improvisação”, de Rousejanny Ferreira. Mestre em Performances Culturais, especialista em Pedagogia da Dança e em Filosofia da Arte, graduada em Educação Física, Rousejanny é professora do curso de Licenciatura em Dança do Instituto Federal de Goiás. É interessada pelas questões históricas, políticas e estéticas que atravessam as danças acadêmicas e atua como diretora do projeto “Pelas Beiras”, que investiga contextos da cena goianiense. A publicação discute os contextos e reformulações na dinâmica do balé propostos pelo coreógrafo norte-americano William Forsythe, entre as décadas de 1980 e 90.

SERVIÇO
15 de junho (sexta-feira), 19h: Mostra de processos
Residência artística “Corpo Presente”, com Denise Stutz
+ Processos criativos do Centro de Dança do DF
16 de junho (sábado), 18h: Lançamento de livro
“Balé sobre outros eixos”, de Rousejanny Ferreira
16 de junho (sábado), 19h: Denise Stutz
Espetáculo “3 Solos em 1 Tempo” + Tête-à-Tête
Todas atividades são abertas ao público e gratuitas



BRASÍLIA POP
brasiliapop@brasiliapop.com
Foto: Divulgação
Tecnologia do Blogger.