Header Ads

Ellen Oléria, Dhi Ribeiro, Teresa Lopes e rapper Japão participam de espetáculo Kindembu


As cantoras Ellen Oléria, Dhi Ribeiro, Teresa Lopes, o rapper Japão e o grupo de samba Filhos de Dona Maria estarão ao lado de entidades afro da música baiana na CAIXA Cultural Brasília com o espetáculo cênico-musical Kindembu. Celebração da tradição do cancioneiro afro, o show na próxima quarta-feira (12), às 20h, e faz parte da programação em comemoração aos 35 anos da CAIXA Cultural. No palco, a linguagem de Afoxé Filhos de Gandhy, Cortejo Afro, Ilê Aiyê, Malê Debalê e Muzenza dialoga criativamente com músicos de Brasília.

O conceito-chave do espetáculo dirigido por Elísio Lopes Jr, que representou o inicio do projeto Plataforma mundo afro, é estabelecer pontes entre o tradicional e o moderno, entre as possibilidades estéticas e a ancestralidade. O palco, como a bandeira que representa o Senhor do Tempo, ganha as cores e as formas dos blocos afro para representar suas tradições. A possibilidade musical gerada pela história desses cinco blocos, com trajetórias relevantes na militância negra, ganha força com a interação dos artistas brasilienses.

O encontro com os nomes da música contemporânea de Brasília, num mix de sonoridades e timbres, em pílulas mistas de sons convergentes, tradição e reverência, retrata a caminhada da arte negra na Bahia. “Não é um espetáculo que se encerra no show. É uma proposta de troca contínua, de redescobertas”, explica o diretor Elísio Lopes Jr.

Em Kindembu, a dança funciona como elemento de ligação cênica, com coreografias de Zebrinha e performances de bailarinos dos blocos afros, além de convidados de outras vertentes da dança. No cenário, formas e texturas se transformam de acordo com cada momento do show.

Serviço:
Kindembu  com Afoxé Filhos de Gandhy, Cortejo Afro, Ilê Aiyê, Malê Debalê e Muzenza e convidados
Local: CAIXA Cultural Brasília | Teatro da CAIXA (SBS, Quadra 04, Lotes 3/4. Edifício anexo à matriz da CAIXA)
Dias: 12 de agosto (quarta-feira)
Hora: 20h
Classificação indicativa: não recomendado para menores de 18 anos
Duração: 120 minutos
Ingressos: à venda a partir de 8 de agosto | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de livro
Acesso para pessoas com deficiência


BRASÍLIA POP
brasiliapop@brasiliapop.com
Foto: Divulgação

Tecnologia do Blogger.