Selecionar menu

Anúncio

Slider

Variedades

Veja nossa série especial

Performance


Cute

My Place

DONA CISLENE

Anúncio


Videos

» » » Bell Marques esquenta São João com o lançamento do CD “Forró do Lago”
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Por Francisco Welson Ximenes


Quem acha que a história musical do cantor Bell Marques se confunde apenas com a história da axé music e do carnaval certamente se enganou. O cantor baiano, durante seus mais de 30 anos de carreira, sempre teve uma relação estreita com outro ritmo amado pelos brasileiros: o forró. E para colocar todo mundo para dançar nas festas de São João, Bell acaba de lançar “Forró do Lago”, um CD especial de forró produzido por ele mesmo. O álbum, que foi gravado ao vivo com a Big Band nos estúdios da Núcleo 55, em Salvador, e parte dele em São Paulo, traz 17 músicas distribuídas em seis pout-pourris.

“Sou um apaixonado por São João e toda a cultura que envolve essa festa tão brasileira, tão de raiz. Ter a oportunidade de, mais uma vez, homenagear artistas como Luiz Gonzaga e Amelinha, que sempre estão presentes no meu repertório, é um prazer. Gravar um CD inteiro de forró é uma diversão e uma emoção muito grandes. Não tenho dúvida de que o público vai receber muito bem mais essa novidade”, revela Bell, que lançou o CD em show realizado na Casa Skol, em Salvador, e vai representar o estado da Bahia em um especial junino da TV Globo.

O CD, intitulado “Forró do Lago”, tem a arte de Pedrinho da Rocha e faz referência à festa de mesmo nome, que é realizada na cidade de Santo Antônio de Jesus, na Bahia. No novo projeto, Bell é ousado e faz a festa, com toda sua energia, e canta sucessos próprios e de ídolos como o Rei do Baião, Luiz Gonzaga, Amelinha e Raul Seixas. Já na primeira faixa, Bell homenageia a esposa, Aninha Marques, na introdução do pout-pourri em tributo a Raul: “Ê Amore, se eu lhe pego, tu tá quebrada!” As canções do Maluco Beleza escolhidas por Bell são “Capim Guiné”, “Metamorfose Ambulante” e “Gitã”.

A segunda faixa é uma grande surpresa deste novo disco. A regravação de “Mar de Gelo”, última música do último álbum lançado pelo Chiclete com Banana, em 2012, e “O Mistério das Estrelas”, primeira música do LP “Energia” do Chiclete, de 1984, emocionam os fãs que sempre curtiram o forró agalopado de Bell Marques. A agitada “Meu Pobre Coração” (2000) completa o medley.
Canção querida por todos os artistas e amantes do forró, a regravação de “Tareco e Mariola” (2000), composição do pernambucano Petrúcio Amorim, também enriquece o novo álbum.  Os fãs das antigas de Bell ganham outro presente no pout-pourri formado pelos grandes hits “No Lume da Fogueira” e “Foi Deus”, que foram originalmente gravados pelo baiano em 1986 e 1989, respectivamente. Canção apaixonada, no melhor estilo Bell Marques, “Noite Especial” (2000) encerra a quarta faixa. Admirador de grandes artistas nordestinos, Bell homenageia Amelinha, em “Foi Deus Quem Fez Você”, e Geraldo Azevedo, em “Dona da Minha Cabeça”.

O ponto alto do CD está na última faixa. Bell faz uma viagem musical e regrava o pout-pourri que ficou eternizado em sua rica discografia, o “Pout-pourritmos do Interior”, de 1988. Aqui, Bell traz cinco sucessos e homenageia Luiz Gonzaga: “Balão Dourado”, “Riacho do Navio” e “Forró no Escuro”. Na sequência, “Música Alegre” é especial e também emociona – composta por Jorge Alfredo e Chico Evangelista, foi gravada originalmente no primeiro LP do Chiclete, o Traz os Montes, de 1983. Destaque para os músicos da Big Band, que mostram sintonia e total descontração nas canções, fazendo os forrozeiros se sentirem num grande arraiá. “Pé de Moleque” encerra o CD com aquele gostinho de quero mais.

Ao longo de mais de três décadas, o rei do carnaval e forrozeiro, Bell Marques colocou os foliões para pular e arrastar o pé em plena avenida, e por todo canto onde passou. Com sua antiga banda, o Chiclete com Banana, Bell reuniu hits de sua carreira no álbum “No Forró”, de 1992, e gravou um CD inteiro de sucessos do gênero, o clássico “São João de Rua”, do ano 2000. Além disso, o forró característico de Bell foi carimbado em outros discos com as canções “Meu Balão” (1983), “Doce Feito Mel” (1985), “Pra Brincar de Vida” (1990), “ABC do Prazer” (1991), “Pula Fogueira” (1997), “Morango do Nordeste” (2000), “Tem Que Ter Chiclete” (2003), “Forró da Tribo” (2005) e “E Nunca Mais Vai Me Deixar” (2007), entre outros.

O novo projeto de Bell Marques tem 30 minutos de puro forró. É um CD para ouvir na estrada e colocar no modo Repeat por várias vezes. É um álbum para tocar em festas juninas e também fora delas. Se dançar forró já é bom, imagina dançar forró no São João ao som de quem agita o ano todo? É um grande arrasta pé que agrada aos ouvidos dos amantes do belo ritmo nordestino. Bell Marques surpreende seus fãs e, mais uma vez, acerta em cheio na realização de um trabalho. O “Homi” está de parabéns!

O cantor disponibilizou, na Internet, o novo disco para download. Basta baixar em www.suamusica.com.br/bellmarques


Francisco Welson Ximenes / BRASÍLIA POP
brasiliapop@brasiliapop.com
Foto: Divulgação

Sobre Elijonas Maia

Elijonas Maia, 23 anos, é fundador e diretor-geral do Brasília Pop. Começou na internet em 2008, escrevendo para sites especializados na área de TV. Colaborou com o extinto TV Audiência e foi colunista semanal. Escreveu para a revista E-teen até criar o blog Pecevejo, de Variedades, ultrapassando 1 milhão de visitas em menos de um ano. Foi eleito pelo canal pago Multishow uma das 500 pessoas mais influentes do Twitter. Fora do mundo virtual, o jornalista já trabalhou no Jornal Satélite, Revista Freedom, Associação dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Correio Brazilliense, TV Record Brasília e atualmente é repórter do Diário do Poder.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Anúncio