Header Ads



Exposição “Eu Lago Sou - Mário Lago um homem do século XX” resgata a vida e a obra de um artista atemporal


Grande parte da vida e da obra de “Mario Lago” está sendo contada em exposição realizada no Museu Nacional dos Correios em Brasília. “Eu Lago Sou - Mário Lago um homem do século XX” traz imagens superpostas por frases e versos autobiográficos, cartazes, cenas de novelas e peças teatrais, manuscritos, capas de livros e discos, além de figuras e cenários da boemia carioca, amigos, família, troféus.  

Na abertura, em 2 de abril, o curador da exposição Mário Lago Filho comandou uma roda de samba com a nata de sambistas da cidade. A exposição foi aberta ao grande público em 3 de abril e pode ser visitada até o dia 1º de junho, de terça-feira a sexta, das 10h às 19h e sábado, domingos e feriados das 12h às 18h.

O objetivo da exposição é mostrar para as diversas gerações como o ator, compositor e cidadão carioca Mario Lago influenciou e se deixou influenciar pela sociedade em que viveu – a qual chamava de “moldura do meu quadro”, além de firmar a sua memória como um patrimônio atemporal.

Quem visitar a exposição também poderá ouvir trechos de programas de rádio das décadas de 40 e 50, e ver imagens da novela “Dancing Days” e das séries “O tempo e o Vento” e “Hilda Furacão”.

Eu Lago Sou - Mário Lago um homem do século XX
Até 1º de junho de 2014 - de terça-feira a sexta, das 10h às 19h e sábado, domingos e feriados das 12h às 18h.
Local
Museu Nacional dos Correios
SCS – Setor Comercial Sul, Qd. 4, Bl A, nº 256 - Asa Sul
70304-915 - Brasília - DF
Telefone: (61) 3213-5076 / E-mail: museu@correios.com.br
Entrada Franca




BRASÍLIA POP
brasiliapop@brasiliapop.com
Foto: Divulgação

Tecnologia do Blogger.