Header Ads



Lideranças indígenas participam da abertura de exposição sobre 30 anos de lutas pelos seus direitos no país

 
Começou nesta terça-feira (19/11), na Praça Externa do Museu da República, em Brasília, a Exposição Povos Indígenas no Brasil 1980/2013 – Retrospectiva em Imagens da Luta dos Povos Indígenas no Brasil por seus Direitos Coletivos. A mostra comemora os 30 anos do Apoio Norueguês aos Povos Indígenas no Brasil e os 25 anos da Constituição. O projeto é uma realização da Embaixada da Noruega no Brasil e do Instituto Socioambiental (ISA). Em 2014, a exposição estará em São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus e Oslo (Noruega).

Houve visita prévia à exposição com líderes indígenas protagonistas de vários dos momentos retratados nas fotos, entre eles Raoni Kayapó, Davi Yanomami, Marcos Terena e Álvaro Tukano. Lindomar Terena, da coordenação da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), também estará presente. 

Às 19h30 foi feita a abertura oficial com show da cantora Elle Márjá Eira, do povo indígena Sami, do norte da Noruega. A abertura contará, ainda, com a participação do secretário de Estado para Assuntos Indígenas da Noruega, Anders Bals, e da presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Maria Augusta Assirati.

Fotos
A exposição é composta por 44 fotos, apresentadas em ordem cronológica, clicadas por 33 fotógrafos, com mapas e textos de apoio, em português e inglês. A mostra é composta por 18 totens de 2,39 x 2 m, com imagens de ambos os lados. A iluminação noturna das peças será feita por coletores solares, no topo dos totens.

A maior parte das fotos foi publicada originalmente na imprensa ou nos volumes da série Povos Indígenas no Brasil, elaborada, inicialmente, pelo Centro Ecumênico de Documentação e Informação (Cedi) e, a partir de 1994, pelo ISA, com apoio do governo norueguês.

A exposição traz momentos e personagens históricos, retratados num período de 33 anos, no qual os povos indígenas saíram da invisibilidade para entrar de vez no imaginário e na agenda do Brasil contemporâneo. O marco desse processo foi o capítulo dos direitos indígenas da Constituição. Entre outros temas, as imagens retratam a batalha pelo reconhecimento das Terras Indígenas; a resistência às invasões de garimpeiros e madeireiros; o apoio de músicos como Sting e Milton Nascimento; a apropriação das tecnologias do homem branco; as ameaças aos últimos povos “isolados”; as mobilizações recentes pela garantia de seus direitos.

Serviço
Exposição Povos Indígenas no Brasil 1980/2013 – Retrospectiva em Imagens da Luta dos Povos Indígenas no Brasil por seus Direitos Coletivos
Para acessar catálogo, folder e outros materiais da exposição: http://isa.to/expo-pib
Visita prévia à exposição com lideranças indígenas: 19/11, 16h
Abertura oficial: 19/11/2013, às 19h30, com coquetel e show musical
Visitação: de 20/11 a 19/12, terça a domingo, das 9h às 18h30, entrada franca
Local: Praça Externa do Museu Nacional, Conjunto Cultural da República

BRASÍLIA POP
brasiliapop@brasiliapop.com
Foto: Divulgação
Tecnologia do Blogger.