Selecionar menu

Anúncio

Slider

Variedades

Veja nossa série especial

Performance


Cute

My Place

DONA CISLENE

Anúncio


Videos

» » » » Festival Curta Brasília traz panorama atual do curta-metragem brasileiro ao Cine Brasília
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Único festival brasiliense dedicado inteiramente ao formato de curta-metragem, o Festival Curta Brasília, que será realizado de 28 de novembro a 1º de dezembro de 2013, amplia suas fronteiras nesta segunda edição e exibe mais de 70 curtas-metragens, entre produções nacionais e estrangeiras, totalizando cerca de 15 horas de programação. A expectativa da organização é de que 5 mil pessoas circulem pelo Cine Brasília durante os quatro dias de festival: “A primeira edição foi um sucesso, ficamos felizes com a participação do público e dos artistas. Neste ano vamos ampliar para uma dimensão internacional, gerando maior intercâmbio de linguagens, sotaques e oportunidades”, afirma Ana Arruda, coordenadora-geral do festival.

Além da mostra competitiva local e nacional, o festival traz ainda sete mostras paralelas, oficinas, debate com os realizadores, e apresentações de artistas da cidade no palco montado no hall do cinema. Já a programação internacional traz curtas franceses inéditos na capital, em parceria com a Embaixada da França, Institut Français e Cine France.

Haverá também o lançamento do livro “Brasília 5.2 - Cinema e Memória”, da pesquisadora de cinema brasileiro Berê Bahia. O lançamento será dia 30 de novembro, às 16h, no Cine Brasília. “Para o festival serão distribuídos 200 exemplares livro, que faz uma radiografia da produção brasiliense no contexto do Festival de Cinema de Brasília, de 1975 a 2012”, destaca a autora.

Janelas para o mundo 
A programação do Curta Brasília inclui ainda mostras paralelas, com filmes reunidos em tornos de temáticas comuns. Dentre as novidades deste ano, destacam-se a Sessão Urbanidades (29/11), cujosfilmes trazem os desafios das grandes cidades modernas, como mobilidade, segurança e qualidade de vida; o cinema de animação ganha um espaço exclusivo de exibição na Sessão Anima (30/11), com curtas que apresentam grande diversidade estética e de técnicas de animação; a música terá espaço no festival com a Sessão Especial de Videoclipes produzidos em Brasília(1/12), dando espaço à produção artística de videoclipes e à cena musical independente da cidade.

A Sessão Provocações, que será exibida no Dia Mundial da Luta Contra a Aids (01/12), traz filmes que abordam a sexualidade e a intimidade dos personagens, e que preservou seu espaço na edição deste ano devido ao sucesso na primeira edição do festival. Para garantir a presença das crianças e adolescentes na Sessão Calanguinho (29/11) e na Sessão Isso Tudo Passa (29/11), o Curta Brasíliarealizou uma parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest) e Secretaria de Educação do GDF, que irá levar estudantes da rede pública de ensino e participantes de programas sociais para as sessões. Outras escolas e instituições interessadas devem entrar em contato com a produção para realizar um agendamento (via curtabrasilia@gmail.com).

Ainda no quesito infantil, este ano o Festival premiará um filme da categoria com o Prêmio Direitos da Infância, oferecidopelo Instituto Sabin e pelo UNICEF. Já a Embaixada da França entra com uma premiação que levará um representante do filme contemplado para a França, promovendo um intercâmbio cultural enriquecedor. Além disso, as duas mostras competitivas premiarão o melhor curta de Brasília e o melhor curta nacional com R$ 5 mil reais cada – ambos decididos pelo Júri Popular. Estes prêmios serão oferecidos pelo Shopping Conjunto Nacional.

Destaques da programação 
O 2º Festival Curta Brasília pretende trazer a pluralidade e a diversidade do cinema de curta duração ao público do Distrito Federal, que agora possui um festival de curtas-metragens permanente no calendário cultural da cidade. Neste ano foram recebidas cerca de 500 inscrições de todo o Brasil, oriundas de 23 Estados e do Distrito Federal. Dentre os 70 curtas em exibição, 30 compõem as mostras competitivas, que traçam um panorama acurado com o melhor da produção cinematográfica brasileira.

Dentre os filmes selecionados, destacam-se “Acalanto”, de Arturo Saboia, que faturou os prêmios de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz, Melhor Direção de Arte e MelhorTrilha Musical no 41º Festival de Cinema de Gramado (RS); “Pouco mais de um mês”, de André Novais, que foi exibido na 45ª Quinzena dos Realizadores em Cannes (França), além de ter participado dos mais importantes festivais brasileiros; “Pátio”, de Aly Muritiba, exibido na 52ª Semana da Crítica, em também em Cannes; a animação produzida em Brasília“A Roza”, de Marieta e Juliano Cazarré, que além de diretor também atuou em filmes como “Serra Pelada” (2013, dir. Heitor Dhalia) e O Lobo Atrás da Porta (2013, dir. Fernando Coimbra)”; “Requília”, de Renata Diniz, premiado no último Festival de Brasília e em festivais internacionais; e “E quem é o pai?”, de Daniela Diniz e Luana Miguel, um curta local ainda inédito na cidade.

A organização do Festival Curta Brasília é da Sétima Produções Culturais, produtora cultural com foco na realização de mostras e festivais de cinema, produção e distribuição de coletâneas de curtas-metragens nacionais, elaboração de projetos culturais e na formação de público.

Premiações do 2º Festival Curta Brasília 
- Prêmio oficial da Mostra Competitiva Curta Brasil 2013 – Júri Popular (Troféu e 5 mil reais em dinheiro)
- Prêmio oficial da Mostra Competitiva Curta Brasília 2013 - Júri Popular (Troféu e 5 mil reais em dinheiro)
- Prêmio Direitos da Infância – Instituto Sabin e UNICEF (Troféu e 1 mil reais em dinheiro). Filme que melhor contemple questões relacionadas aos Direitos da Infância, definido por comissão.
- Prêmio Cine França Brasil – Melhor filme (Viagem a França, oferecida pela Embaixada da França, para 01 representante do filme escolhido por comissão)
- Prêmio Brazucah (500 reais em dinheiro e exibição do filme em 22 escolas e universidades, escolhido por comissão da Brazucah Produções/SP)
- Prêmio Cine B (500 reais em dinheiro e exibição do filme em 10 comunidades da periferia de São Paulo, além de participação no DVD Selo CINE-B do Cinema Brasileiro, escolhido pela comissão do Cine B)
- Troféu Cinememória (para o melhor documentário do Festival, oferecido pelo cineasta Vladimir Carvalho e pela Fundação Cinememória)
- Troféu UCDF (para o filme que mais contribui para disseminar o espírito cineclubista, oferecido pela União dos Cineclubes do DF e Entorno)
- Troféu ABCV ( para melhor filme do DF, escolhido por comissão indicada pela Associação).
- Troféu ABD Nacional (para melhor filme brasileiro, escolhido por comissão indicada pela Associação).

Serviço 
2º Festival Curta Brasília
28 de novembro a 1º de dezembro de 2013
Cine Brasília - EQS 106/107 - Asa Sul - Brasília - DF
Entrada franca 
Confira aqui a programação completa e mais detalhes no site www.curtabrasilia.com.br

BRASÍLIA POP
brasiliapop@brasiliapop.com
Foto: Divulgação

Sobre Elijonas Maia

Elijonas Maia, 23 anos, é fundador e diretor-geral do Brasília Pop. Começou na internet em 2008, escrevendo para sites especializados na área de TV. Colaborou com o extinto TV Audiência e foi colunista semanal. Escreveu para a revista E-teen até criar o blog Pecevejo, de Variedades, ultrapassando 1 milhão de visitas em menos de um ano. Foi eleito pelo canal pago Multishow uma das 500 pessoas mais influentes do Twitter. Fora do mundo virtual, o jornalista já trabalhou no Jornal Satélite, Revista Freedom, Associação dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Correio Brazilliense, TV Record Brasília e atualmente é repórter do Diário do Poder.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Anúncio