Header Ads

Show de Renato Russo em holograma será no dia 29 de junho

Cantor voltará ao palco em holograma com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional e a participação de grandes nomes da música brasileira

Ingressos variam de R$ 50 a R$ 600 (Foto: Divulgação)
No dia 29 de junho, o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha receberá a maior produção musical da história da capital federal. A expectativa é que 50 mil pessoas – maior número já esperado em show realizado em local fechado no DF – compareçam ao espetáculo “Renato Russo Sinfônico”. Na ocasião, um holograma do cantor dividirá o palco com 14 intérpretes. Essa é a primeira execução de holografia humana no Brasil e a segunda no show business mundial. É também a primeira vez que o estádio será aberto para um evento cultural. Os ingressos, postos à venda há duas semanas, estão sendo disputados a ritmo acelerado.


Por meio de uma tecnologia de vanguarda, o líder da Legião Urbana volta aos palcos numa performance exclusiva. O Renato Russo holográfico foi criado pela empresa americana V Squared Labs, a mesma que fez a projeção do rapper Tupac no festival Coachella, em 2012.

O show marca a inauguração da Arena Multiuso de Brasília e terá convidados de grande prestígio nacional e internacional. São eles: Ivete Sangalo, Zélia Duncan, Fernanda Takai, Ellen Oléria, Lobão, Alexandre Carlo (Natiruts), André Gonzales (Móveis Coloniais de Acaju), Zizi Possi, Hamilton de Holanda, Jerry Adriani, Jorge Du Peixe (Nação Zumbi), Luiza Possi, Sandra de Sá e a violinista norte-americana Ann Marie Calhoun.

Foto: Carol Caminha
Cada artista convidado interpretará uma música da Legião Urbana, acompanhado por uma banda e pela Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro (OSTNCS), sob a regência do maestro Claudio Cohen. Fundada em 1979, a Orquestra já realizou milhares de concertos e temporadas de ópera e ballet no Brasil e em países como Portugal, Itália, Cuba e Coreia.

A banda que acompanha os cantores é formada por músicos relacionados ao rock de Brasília, como Fred Nascimento (guitarra, violão e backing vocals), que tocou com a Legião por cinco anos. Fred Castro, ex-Raimundos, comanda a bateria; Flavia Couri, dos Autoramas, toca baixo e Marcela Vale e Luciano Lopes estarão na guitarra e teclados, respectivamente.

Ivete Sangalo estará presente no show em homenagem a Renato (Foto: Divulgação)
Conduzindo o time, o ator Fabrício Boliveira, que interpretou o João de Santo Cristo no filme Faroeste Caboclo, vem como mestre de cerimônias. Antes e depois do show, os DJs Criolina animam o público. Com um som alegre e dançante, eles realizam a tradicional festa Criolina, às segundas-feiras, em Brasília, há oito anos. O embalo dos DJs vai da abertura dos portões até o início do show e volta após a última apresentação.

O espetáculo é produzido pelo filho de Renato Russo, Giuliano Manfredini, da Legião Urbana Produções Artísticas, empresa criada pelo próprio cantor e administrada pelo herdeiro. A ideia de um show sinfônico também foi um sonho de Renato, cuja morte em 1996, o impediu de realizar. Ele planejava uma apresentação regida pelo maestro Silvio Barbato (falecido no acidente da Air France e ex-regente da OSTNCS), com uma grande orquestra.Fundada em 1979 pelo maestro Cláudio Santoro, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional já realizou milhares de concertos, temporadas de ópera e ballet. Acompanhou artistas nacionais e internacionais e realizou turnês por Portugal, Itália, Cuba e Coréia.

Foto: Divulgação
Quem assina a produção musical é Rafael Ramos, produtor de nomes como Los Hermanos, Pitty, Ultraje a Rigor e Raimundos, e principal responsável pelo lançamento da banda Mamonas Assassinas. Rafael começou como baterista na década de 90, chegando a ser VJ no programa Quiz MTV.

Os arranjos são de Arthur Verocai, grande arranjador e maestro brasileiro que participou de inúmeros festivais de música desde a década de 60. Ele atuou como diretor musical e arranjador de discos e shows de Jorge Ben Jor, Gal Costa, Erasmo Carlos e Marcos Valle. Foi ainda diretor musical e arranjador da TV Globo, em programas como Chico City e A Grande Família.

O diretor hollywoodiano Mark Lucas, ganhador de um EMMY, será o responsável pela direção artística e de filmagem do espetáculo. Ele exibe em seu currículo vários eventos internacionais, tais como Pearl Jam - Austin City Limit concert e Red Hot Chili Peppers – Pay-per-view concert from Latrobe.

A cenografia e projeções estão por conta de Andrey Hermuche, um dos mais conceituados do país. Hermuche já realizou direção de arte e cenografia para diversos tipos de projetos, como espetáculos, exposições, eventos, cinema e shows.

Serviço
Dia: 29 de junho
Horário: 20h (abertura dos portões às 16h)
Local: Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha
Ingressos (meia entrada para estudantes, professores, idosos e todos que doarem um agasalho na entrada do estádio):
- Arquibancada superior: R$ 100 / R$ 50 (meia)
- Arquibancada VIP: R$ 160 / R$ 80 (meia)
- Pista: R$ 200 / R$ 100 (meia)
- Área VIP: R$ 400 / R$ 200 (meia)
- Camarote: R$ 600 / R$ 300 (meia)


Pontos de venda: www.bilheteriadigital.com, Free Corner (Brasília Shopping; Conjunto Nacional; Loja 304 Sul; Loja Sudoeste; Gilberto Salomão), Zimbrus (Loja 305 Sul; Pier21; Águas Claras), Clube Melissa (Conjunto Nacional; Park Shopping; Taguatinga Shopping), Central de ingressos G2 (Brasília Shopping).

BRASÍLIA POP
brasiliapop@brasiliapop.com
Tecnologia do Blogger.